terça-feira, 29 de março de 2011

Em protesto contra aumento de passagens, estudantes paralisam aulas na UESC

Os estudantes chegaram a fechar a BR parcialmente
Na manhã desta terça-feira, 29, estudantes, professores e funcionários da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC – foram surpreendidos logo cedo por uma manifestação encabeçada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE). Os manifestantes tomaram a entrada da instituição e impediram o acesso ao campus da universidade. O principal motivo da manifestação é o aumento das passagens do transporte coletivo de Ilhéus, que passou de R$ 2,00 para R$ 2,20. O reajuste entrou em vigor no domingo e, segundo os estudantes, pegou todos de surpresa.

Além do aumento das passagens, outras questões foram reivindicadas na assembleia geral dos estudantes, que aconteceu ali mesmo, na porta da UESC. Investimentos do governo em políticas voltadas para a assistência estudantil, e a revogação de um decreto do executivo estadual, que prejudica estudantes e professores de todas as universidades estaduais da Bahia foram algumas delas.

Inicialmente os estudantes liberariam os portões às 10 horas da manhã, só que decidiram permanecer na porta da instituição até o final do dia, paralisando todas as aulas. Outro grupo se dirigiu até o Centro de Ilhéus, onde centenas de pessoas protestaram em frente a prefeitura, contra o aumento das passagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário