segunda-feira, 18 de abril de 2011

Em Coaraci, Record News sai do ar antes da entrevista do presidente da ADUSC

Tom Ribeiro apresentava o seu diário "Alerta", quando o
sinal da emissora congelou
Nesta segunda-feira (18), por volta das 12h35min, a TV Cabrália/Record News (canal 11, em Coaraci) apresentava o diário “Alerta Total”, quando o canal deu uma pane e saiu do ar. A imagem ficou congelada e seguiu assim por muito tempo. Um problema técnico na central de distribuição de sinal de televisão para a cidade, localizada no Alto do Hospital, deve ter sido a causa da pane. Neste momento, o sinal já foi restabelecido.

Censura à greve das estaduais?

O presidente da ADUSC, Valter Silva falou ao Alerta
sobre a greve 
O curioso é que o problema aconteceu justamente quando o apresentador Tom Ribeiro anunciou que falaria com o presidente da ADUSC, Valter Silva, sobre a greve nas universidades estaduais da Bahia. Com isso, a comunidade coaraciense não pode acompanhar a sequência do programa de maior audiência da TV regional. “Agora tem, tem, tem”, era a frase congelada na imagem do comercial, que mostra a “maravilhosa” Bahia da propaganda oficial do Governo do Estado. No meio do comercial, o canal travou.

Algumas considerações, que tornam o ocorrido ainda mais curioso e inusitado, precisam ser levadas em conta. A primeira delas é que, a greve tem sido pouco divulgada na “Grande Mídia”, especialmente por parte do grupo da Igreja Universal do Reino de Deus, que apóia claramente o governo Dilma (PT) e, consequentemente, o governo Wagner, na Bahia.

A segunda consideração é que a administração da cidade de Coaraci também é petista. E a terceira e última consideração é que esta é a primeira vez que acontecem problemas como este na transmissão do sinal da TV Cabrália em Coaraci.

Diante desses fatos, os ventos perguntam: terá sido censura? Houve boicote a fala dos grevistas? A priori, a tecnologia é a culpada pelo boicote.

Saiba mais sobre a greve na UESC (clic aqui)

Um comentário: