quarta-feira, 15 de junho de 2011

Ilhéus gasta R$ 240 mil com fantasmas, diz TCM

Newton Lima teria contratado persoalmente dois "gaspazinhos"
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em análise das finanças da prefeitura de Ilhéus, concluiu que cerca de 10 funcionários ligados à administração municipal não comparecem aos postos de trabalho sequer para bater ponto. De acordo com o órgão, o grupo de servidores considerados fantasmas, que recebem ordenados na faixa de R$ 1,5 mil, representam um ônus de R$ 240 mil por ano ao Município.

O Jornal A Região diz ter identificado dois profissionais, que teriam sido contratados diretamente pelo prefeito Newton Lima (PSB), que nunca foram vistos em seus supostos locais de trabalho. Um deles seria "gerente de comunicação", com salário de R$ 1.365. Segundo o diário, André Santana Costa, no entanto, trabalha os dois períodos na distribuição e na gráfica de um jornal local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário