quarta-feira, 13 de julho de 2011

Concurso de Coaraci: novas provas devem ser aplicadas em 30 dias

Josefina anulou o processo parcialmente
Após as denúncias de fraude no concurso público para provimento de cargos efetivos no quadro de pessoal da Prefeitura Municipal de Coaraci, a prefeita Josefina Castro (PT) anulou parcialmente o processo, no que tange às provas do cargo de enfermeiro, que foi o alvo das denúncias de plágio. O decreto nº 5098 foi publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira, 12.

A medida ratifica o parecer final da Comissão de Sindicância, criada pela prefeitura para apurar as denúncias. O Instituto de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento Municipal (IEPDM), de Feira de Santana se explicou, mas o fato é que o plágio nas provas do cargo de enfermeiro ficou comprovado, como diz o artigo 3º do decreto: “as informações prestadas pela empresa Instituto de Estudos Pesquisas e Desenvolvimento Municipal - IEPDM, através do Ofício n° 051, de 30 de junho de 2011, confirmam serem iguais a questões já observados em outros concursos públicos anteriores, o que fere dentre outros o principio da igualdade e do sigilo do certame”.

Novas provas devem ser aplicadas dentro de um prazo máximo de 30 dias. Os 392 candidatos inscritos, que fizeram ou não as provas no último dia 19 de junho, estão isentos de pagamento de taxa de inscrição. Quem não realizar as novas provas terá direito a ressarcimento do valor da taxa de inscrição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário