quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Coaraci comemora 60 anos de história

Selo Comemorativo ao sexagenário do município sul-baiano
Coaraci amanheceu em festa nesta quarta-feira, 12 de dezembro. As comemorações alusivas ao sexagenário do município estão agitando os coaracienses. A cidade comemora hoje 60 anos de emancipação política e administrativa.  

A data foi trabalhada durante todo o ano especialmente pelas escolas da rede municipal, através da Secretaria de Educação e em eventos oficiais realizados pela Diretoria de Cultura.

No início do ano, uma seleção pública elegeu o selo comemorativo do sexagenário. O vencedor, de autoria do editor-chefe do Fato Entre Aspas, Genisson Santos, remete a um sentimento progressista que nutrem os amantes desta terra chamada "do sol".

O trabalho, que foi usando durante o ano em todos os documentos e eventos oficiais do município, tem como mote ou slogan “Coaraci 60 anos: construindo um novo amanhã”. 

Histórico 

Prédio da Prefeitura nas primeiras décadas de existência do município (Foto: blog C. Mais Cultura)
Oficialmente data-se de 12 de dezembro de 1952, a sanção da Lei Estadual nº 515, que elevou o então distrito de Ilhéus a categoria de município independente. Mas a história de Coaraci começa bem antes, por volta do final do século XIX. 

Os pioneiros nas terras que mais tarde passariam a constituir o município de Coaraci foram Laudelino Monteiro e João Maurício. Em meio a matas espessas e inexploradas, os dois edificaram uma casa à margem esquerda do rio Almada para servir de residência e comércio. Algum tempo mais tarde chegou Manoel Pereira, que iniciou o desbravamento das terras, conseguindo formar uma fazenda de cacau, denominada Berimbau. Formou-se desta forma o povoado Macacos. 

Como seus habitantes sentiam-se incomodados quando tinham que declarar sua naturalidade, foram inspirados por Manoel Pereira a mudar o nome da povoação para Itacaré do Almada. 

Criou-se o distrito, em 1938, com o nome simplificado para Itacaré. No mesmo ano, foi novamente mudado para Guaraci, e finalmente para Coaraci, pelo Decreto Estadual 141, de 31 de dezembro de 1943. Nome que permaneceu, ao ser elevado a condição de município. Coaraci é um vocabulário tupi que significa “o sol”. 

Depois de sua emancipação, o município ainda teve seu território desmembrado para formar o município de Almadina, em 1962. Atualmente Coaraci é constituído de 3 distritos: a sede, Itamotinga e São Roque. 

Coaraci em números 

De acordo com último censo, realizado pelo IBGE em 2010, o município tem uma população de 20.901 habitantes. Pela administração da cidade já passaram 14 prefeitos, tendo sido Aristides de Oliveira, o primeiro. A atual prefeita Josefina Castro, eleita em 2008 e reeleita em 2012, foi a primeira mulher a comandar os destinos do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário