quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Mensalão: Lula pode ir para o banco dos réus

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nesta terça-feira (5) que ainda avalia para qual primeira instância do Ministério Público enviará o depoimento no qual o empresário Marcos Valério, operador do mensalão, acusou o ex-presidente Lula de participação no esquema. O procurador-geral argumentou que o atraso para encaminhar o material aconteceu porque ele precisou analisar novamente o destino, já que há braços do processo do mensalão em São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal. Inicialmente, Gurgel havia prometido encaminhar o depoimento para procuradores paulistas. “Fiquei examinando, e não consegui concluir hoje, uma questão da remessa. Pode ser que não seja para São Paulo. Ele [Valério] se refere a coisas que começam em um determinado Estado, mas o pagamento é efetuado em outro. Isso gera uma perplexidade quanto ao local”, declarou após sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Informações da Folha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário