quarta-feira, 17 de abril de 2013

Justiça quer midia original da suposta compra de votos em Coaraci

Conforme publicado nesta terça-feira (16) no Diário Oficial da Justiça Eleitoral, o juiz eleitoral da 135ª Zona, Adriano de Lemos Moura, solicita o vídeo que mostra uma suposta compra de votos em Coaraci, na eleição de 2012. O despacho do magistrado dá continuidade à ação instaurada pela coligação do então candidato a prefeito Jadson Albano.

O processo e a representação, movidos contra a prefeita Josefina Castro e o vice-prefeito Sérgio Fraife, têm no seu conteúdo o referido vídeo onde o ex-secretário de Administração de Josefina, Lourival Araújo Junior, aparece dialogando e efetuando um suposto pagamento a um eleitor conhecido como Sebastião. Nos autos, a coligação de Jadson classifica o fato (pagamento que aparece nas imagens) como compra de votos e o vídeo chegou a circular em um perfil "fake" na Internet e até na Rede Globo.

No entanto, a defesa da prefeita Josefina Castro alega que não existiriam no diálogo apresentado no vídeo nenhum tipo de comprovação da acusação feita pela coligação de Jadson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário