quarta-feira, 23 de abril de 2014

TVs de tubo vão desaparecer das lojas neste ano

Depois de vender 33 milhões de televisores de tubo em 63 anos, a Semp Toshiba vai parar definitivamente de produzi-los neste mês. Até o final do ano, somente a Philco continuará fabricando TVs de tubo, que perderam espaço no mercado para as telas finas de LED e LCD e viraram dinossauros tecnológicos com a chegada da TV digital. A ideia inicial da Semp Toshiba era acabar com a fabricação em dezembro de 2013, mas a empresa decidiu prorrogar um pouco mais por conta de encomendas do varejo. 

O processo de adaptação foi gradual. O espaço destinado à produção de TVs de tubo diminuiu consideravelmente nos últimos anos e foi sendo “engolido” pela linha de produção das TVs LCD e de LED. “Atualmente, o volume é tão pequeno que não justifica a produção das TVs de tubo o mês inteiro”, revela ele. Paralelamente, a empresa decidiu diversificar a produção de TVs de tela fina, incluindo três modelos de LED com telas pequenas (de 14, 19 e 29 polegadas) e preços competitivos. 

A ideia é continuar atendendo o consumidor que está migrando de tecnologia. Com uma diferença de apenas R$ 150 em relação à TV de tubo, dá para levar um modelo de LED portátil, também de 14 polegadas, que capta os canais da TV digital, vem com carregador para ver no carro e inclui entradas HDMI e USB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário