sexta-feira, 27 de junho de 2014

Convenção do PT extrapola expectativa

Realizada na manhã desta sexta-feira(27), no Parque de Exposição, em Salvador, a convenção do PT que homologou o nome do candidato petista Rui Costa ao governo do estado, superou a expectativa de público. Eram aguardadas cerca de seis mil pessoas ao evento, porém, uma multidão tanto da capital como do interior do estado tomou conta do Parque de Exposição para receber além do candidato Rui Costa, o governador Jaques Wagner, a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. 

Em seu discurso Rui relembrou a infância no bairro da Liberdade, em Salvador, e o estímulo da família para que estudasse para sair da pobreza antes de se tornar deputado federal. Em seguida, começou a reclamar daqueles “que nunca gostaram de gente pobre, que nunca acreditaram nos mais carentes”. “Alguns da elite brasileira ficam discutindo na internet, que xingam a senhora. Fui convencer uma dessas pessoas da elite a votar na nossa chapa”, disse. O petista conta, sem citar o nome, o caso de uma “patroa” do sudoeste baiano que negaria adesão à sigla por conta de um episódio com a empregada doméstica. 

A funcionária teria afirmado que não poderia trabalhar em um domingo, porque ia ao cinema com a família, ao utilizar o benefício do Vale Cultura. “Essa patroa de Vitória da Conquista, que se considera a elite da elite, disse: 'Vê se pode a ousadia que o PT tá dando a esse povo'. É esse povo [elite], presidenta, que xinga a senhora”, argumentou.Ao lado de Dilma e Lula, Rui registrou os avanços que a Bahia obteve nos últimos anos, com a implantação de cinco novas universidades federais, a geração de emprego com carteira assinada no estado e os projetos do Porto Sul, a Ferrovia Leste/Oeste e novos desafios e avanços que Bahia precisa alcançar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário