sexta-feira, 27 de junho de 2014

Itapitanga pode ter Comarca desativada

O Tribunal de Justiça pode desativar 25 comarcas do interior baiano. O presidente do tribunal, Eserval Rocha, pode fechar os fóruns por ato administrativo, segundo a direção do Sinpojud, Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário. Caso a proposta seja executada, 8 municípios do sul e do extremo-sul ficarão sem Fórum. São eles: Aurelino Leal, Ibicuí, Ibirapitanga, Itapebi, Itapitanga, Nova Canaã, Pau Brasil e Santa Luzia. Os outros Fóruns estão estão localizados nos municípios de Abaré, Antas, Baixa Grande, Belo Campo, Boa Nova, Boquira, Capela do Alto Alegre, Cocos, Conceição de Feira,Jaguaripe, Jiquiriçá, Milagres, Nova Fátima, Paratinga, Rio de Contas, Tanque Novo e Wanderley. 

Todos os processos nestes municípios serão encaminhados para comarcas de cidades vizinhas. Há pouco mais de 3 anos o Tribunal de Justiça desativou 45 comarcas em todo o estado, durante a gestão da desembargadora Telma Brito. Para o Sinpojud, a decisão prejudicou ainda mais o acesso à justiça nos pequenos municípios. Tornou-se um verdadeiro retrocesso. Os servidores do judiciário também foram prejudicados com a mudança do local de trabalho. Em 2010, o Fórum da Comarca de Itapitanga foi inaugurado pelo desembargador Carlos Alberto Dutra Cintra, representando a Presidente do Tribunal de Justiça da época, a desembargadora Telma Brito. Vale lembrar que essa obra custou mais de um milhão de meio de reais, dinheiro do contribuinte. 

Caso se confirme o fechamento, pra que servirá esse prédio? Será um grande retrocesso para a nossa comunidade. Essa não é a primeira vez que o Tribunal de Justiça ameaça fechar a comarca de Itapitanga, em 2002 surgiu a primeira ameaça e estava na relação para ser fechada; em 2011 também, e agora volta a ser ameaçada novamente. Creio que é hora de unir forças para evitar esse enorme prejuízo para a nossa comunidade que não abrirá mão da casa da cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário