sexta-feira, 20 de junho de 2014

PRTB e PEN lançam candidatura de Da Luz ao governo

Candidato que inovou com seu terno cheio de mini lâmpadas e falava o texto decorado virado de costas para as câmeras, Rogério Tadeu da Luz homologou, nesta quinta-feira (19), sua candidatura ao governo do Estado. Ainda não foram definidos vice e nem candidato ao Senado. Por enquanto, o PRTB se aliança com o recém-criado PEN, mas há possibilidade de o PMN se unir aos dois partidos. Com aliança feita com o PEN, o então postulante ao Palácio de Ondina, Luiz Bassuma, abandona o intento e se lança para a Câmara Federal. 

Bassuma, que já passou pelo PT, PMDB e PV, acredita firmemente que será eleito. Ele já foi vereador de Salvador, deputado estadual e federal. As bandeiras continuam as mesmas, com a exceção da legalização da maconha que o candidato mostra-se contra. “Num momento em que o mundo perde a luta contra o tráfico de drogas, não posso ser a favor disso. A maconha causa dependência e sérios danos ao cérebro”, disse. Bassuma, enquanto esteve na Câmara, era contrário a legalização do aborto, uma das bandeiras defendidas pelo PT. Partido e parlamentar ideologicamente contrários, Bassuma deixou o partido diante de ameaça de expulsão. 

“Continuou defendendo a vida”, assinalou. Para ele, a candidatura de Da Luz representa, de fato, uma alternativa. “O Brasil e a Bahia estão cansados dos 12 anos do PT. Paulo Souto não é uma alternativa, já foi governador. Nós, embora com dificuldades, podemos ser essa forma diferente de governar. Aliás, isso é o que a democracia tem de positivo, a possibilidade de alternância”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário