sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Coaraci está sucateada

OPINIÃO | Por Genisson Santos* 

Neste 12 de dezembro a cidade chega ao 62 anos, "morrendo" (Foto: Divulgação)
Para quem viveu em Coaraci há alguns anos ou em décadas anteriores, ver a situação atual da cidade é de chorar. Coaraci está abandonada! Entregue ao marasmo, a decadência e à algumas velhas ratazanas. 

A cidade que neste 12 de dezembro de 2014 chega aos seus 62 anos de história política agoniza e morre aos poucos. 

O cenário que aqui apresento não se trata de uma visão pessimista ou de previsões apocalípticas. Não! É a mais pura e cruel realidade. Trata-se de uma análise sincera de alguém que ama esta terra. Lugar onde nasci, fui alfabetizado e de onde um dia fui obrigado a partir, deixando para trás toda uma vida, uma história. Assim como outros milhares de conterrâneos que, mais cedo ou mais tarde são “obrigados” a cumprir o êxodo, em busca de oportunidades. E hoje observamos de fora o que parece ser o findar desta terra. 

É isso: Coaraci parece ter chegado ao fim. 

Há um dizer que fala: “um coração alegre, aformoseia o rosto”. E eu digo que, uma cidade bem administrada, alegra seu povo, sua gente. O que não acontece em Coaraci. 

A cada novo ano Coaraci apresenta-se mais feia, abandonada. Não se comemora mais, não festeja-se mais... a cidade está triste; seu povo está triste! 

Os coaracienses ainda não aprenderam a escolher seus representantes, seus governantes e, por isso padecem. 

A chamada “Terra do Sol”, berço de barões do cacau, de fazendeiros, há anos vem sofrendo nas mãos de péssimos governantes. Administradores medíocres, mesquinhos, sem visão estratégica, descompromissados... 

A atual gestora, que surgira como suposta esperança do povo e da juventude, sinônimo de mudança, hoje, em meados do seu histórico segundo mandato patina em um governo pífio. Sem novidades!  

Aliás, este é um comportamento característico dos governos petistas. Uma relação parasitária “do poder pelo poder”. 

Coaraci está sucateada! 

Definitivamente este não é um dia de festa, por isso ao invés de parabéns darei meu voto de pesar. Hoje é um dia triste para Coaraci! 

*Genisson Santos é jornalista, editor-chefe do FatoEntreAspas.

2 comentários: