quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Marina Silva é eleita uma das mulheres do ano pelo jornal inglês “Financial Times”

O jornal inglês “Financial Times” elegeu a ex-senadora e candidata à Presidência da República Marina Silva como uma das “mulheres do ano” em 2014. A revista destaca o trabalho e a trajetória de mulheres que deixaram sua marca neste ano como líderes e ativistas. A lista destaca assim a história de uma das líderes da Rede Sustentabilidade: “da pobreza e do analfabetismo, ela ascendeu para tornar-se uma política idealista e visionária.” 

Marina Silva é a única brasileira da lista, escolhida na categoria “política”. O jornal diz ainda que os eleitores de Marina são convictos nas palavras dela, o que é especial no Brasil, onde “um grande número de partidos políticos” tem um único ideal: o poder. “Eu sempre digo que eu era analfabeta até os 16 anos, mas eu já era doutora nas maneiras do mundo”, disse a ex-senadora em entrevista à publicação após o primeiro turno das eleições. 

A publicação, que saiu na revista do jornal britânico do último final de semana, afirma que se a mente de Marina tem firmemente feito a migração para o Brasil moderno, “o espírito desta potencial futura presidente parece ainda passear na aldeia de sua infância onde um tio, um xamã que viveu entre os índios, treinou na arte de extrair látex as árvores”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário