quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Servidores municipais de Almadina devem ficar sem 13º salário

A cidade Almadina no sul da Bahia está entre os 600 municípios brasileiros que não conseguiram fechar as contas do orçamento de 2014. Este dado negativo deverá refletir no bolso do servidor público do município. É que Almadina, assim como outras cidades do país, corre o risco de não conseguir pagar o 13º salário dos servidores. 

A maioria dos prefeitos se queixa da queda na arrecadação do FPM- Fundo de Participação dos Municípios que é repassado pelo governo federal. Em outras cidades da Bahia, a exemplo de Juazeiro, o prefeito teve de fazer manobras para conseguir pagar em dia o 13º salário. 

Cortou o próprio salário e de secretários para garantir o salário extra dos servidores, e para não cortar o salário de dezembro dos comissionados, a secretaria administrativa reduziu o pagamento em 20%. Apesar da medida nada agradável, tem servidor comissionado comemorando, ” melhor o salário de dezembro reduzido do que a demissão”, disse. Já em Almadina, a prefeita Alba Gleide (PSD) não apresentou medida ainda para honrar o compromisso, mas setores da administração garantem que o salário será pago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário