domingo, 15 de fevereiro de 2015

Cadê o SAMU? - O gato comeu!

OPINIÃO 
GENISSON SANTOS, de S. Paulo*

O questionamento que mancheteia meu artigo desta semana a princípio foi trazido à tona de forma sutil pelo blogueiro Joacy Neto. E é uma pergunta que remeto às autoridades locais, especialmente àquelas que “fazem e que podem fazer muito mais”: Cadê o SAMU? 

Aos cidadãos desmemoriados, lhes darei um refresco: em 2011, às vésperas de uma eleição, a atual prefeita de Coaraci, Josefina, junto com seus comandados, alardeou aos quatro cantos do município a boa nova. Coaraci seria contemplada com uma base descentralizada do SAMU regional, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. 

Na época, a implantação do serviço foi dada como certa até pela Secretaria da Saúde. Coaraci passaria a se destacar no cenário regional, já que a unidade atenderia também aos municípios de Itapitanga, Almadina e seus distritos. 

Mas, passada a eleição, meus amigos, o assunto caiu no esquecimento. O bichano parece realmente ter devorado não apenas o SAMU fantasma, mas também os sonhos e a esperança dos coaracienses. 

O não cumprimento de promessas e compromissos é uma marca registrada dos governos petistas. Afinal de contas, o único interesse é o poder. O poder pelo poder! 

Para conseguir vencer uma eleição este tipo de governante faz o diabo. Demonizam seus adversários, manipulam informações, prometem o que não irão cumprir, mentem para o eleitor!

Mas, meus amigos, depois de eleitos eles sempre deixam suas máscaras cair. E a máscara do pseudo governo da “cidadania” caiu há muito tempo. 

Quatro anos depois de prometido, perguntamos: onde está o SAMU? 

* GENISSON SANTOS é jornalista MTE 72.584/SP, editor-chefe do Fato Entre Aspas
Confira outras opiniões do autor AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário