sábado, 28 de março de 2015

Coaraci: por falta de atendimento no HGC mulher dá a luz dentro de ambulância

Um fato revoltante aconteceu em Coaraci esta semana. Por falta de atendimento no Hospital Geral de Coaraci, uma mulher deu a luz dentro de uma ambulância, a caminho da maternidade de Itabuna. O caso foi denunciado pelo profissional Aderbal Mendes, o Kareca.   

Maria Aparecida Santos, a Cida, se dirigiu ao Hospital para ter seu bebê, mas chegando lá o médico e uma enfermeira disseram que ela teria que ser conduzida para a cidade vizinha. 

“Falei com a enfermeira chefe que não aguentaria chegar até Itabuna porque as contrações já estavam fortes demais, mas, mesmo assim ela e o doutor ‘Zé’ Maria me mandaram para Itabuna. E outra, a ambulância demorou mais de 40 minutos pra chegar. Quando a gente passou do [Distrito do] Bandeira minha bolsa rompeu e eu não pude mais segurar. Minha sogra estava comigo e me ajudou e aí minha bebê nasceu”, conta. 

Ainda segundo a mãe, quando viu que ela já tinha dado à luz, o motorista retornou ao Hospital de Coaraci, onde a mesma enfermeira cortou o cordão umbilical ali mesmo dentro da ambulância, sem nenhuma condição de higiene. 

“Esta foi a pior experiência da minha vida. Pensei que eu e meu bebê iríamos morrer. Como cidadã esperava um atendimento melhor”, revela a mãe que, felizmente passa bem. 

E este não é o primeiro caso. Segundo Cida, no início do ano a esposa de seu primo também teve seu filho dentro de uma ambulância. Uma situação vergonhosa. 

PROMESSAS ELEITOREIRAS 

Não é de hoje que a saúde em Coaraci anda na UTI. Para completar, a cidade ainda não tem maternidade própria. O ex-governador Jaques Wagner chegou a prometer que implantaria a maternidade na cidade, mas tudo não passou de promessas eleitoreiras. E até hoje o povo espera. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário