terça-feira, 28 de abril de 2015

Senadora Marta Suplicy deixa o PT após 33 anos de partido

Após fazer publicamente duras críticas ao Partido dos Trabalhadores, a senadora Marta Suplicy formalizou nesta terça-feira (28) sua desfiliação do partido. Marta militou por 33 anos nas fileiras do PT. 

De acordo com informações da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, Marta escreveu uma carta em que justifica a saída. Em um dos trechos a senadora diz: “No meu sentir, e de toda a nação, os princípios e o programa partidário do PT nunca foram tão renegados pela própria agremiação, de forma reiterada e persistente”. Para se precaver de uma esperada tentativa do partido de reivindicar seu mandato, a senadora afirma que o PT “se afastou completamente” dos princípios que a levaram a ajudar a criá-lo. 

Ao todo o documento tem quatro páginas e afirmou que escudou a sua decisão em respeito aos mais de 8 milhões de votos que recebeu em 2010. A carta foi protocolada simultaneamente para os diretórios municipal, estadual e nacional do PT e na Justiça Eleitoral. Marta não adiantou seu futuro político, mas ela deve se filiar ao PSB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário