terça-feira, 19 de maio de 2015

Coaraci: Mãe tem filho de 8 anos fora escola por ‘falta de vaga’, carteiras e boa vontade

Um caso absurdo! Uma mãe, moradora do Bairro Jóia do Almada, em Coaraci, está com o filho de 8 anos fora da sala de aula há mais de um mês. Tudo por ‘falta de vaga’ ou de boa vontade. 

Maria Aparecida Santos contou a reportagem que seu filho estudava no Lígia Fialho, mas houve um problema de brigas com outros meninos e ela teve que tirá-lo da escola para garantir sua integridade física. 

“Aí começou minha luta. Fui no Ratary e a vice disse que não tinha vaga porque estava sem carteiras. Mandou eu ir na secretaria da educação. Eu fui, chegou lá e eles ‘mandou’ eu ir que iriam mandar as carteiras. Voltei ao Rotary e a vice, que chama Dirce mandou eu ir na sexta-feira, eu fui... chegou lá ela mandou eu ir hoje (segunda, 18) levar as Xerox dos documentos e depois ela mandou eu ir de novo na secretaria”, conta. 

A mãe ainda relata que foi maltratada pela diretora de uma escola e pela própria secretária de educação, Maria das Neves. 

“Maria das Neves nem para a minha cara olhou. Falou que as vagas já estavam completas e saiu. (...) Fui ao Maria Barreto e a diretora foi super grossa comigo. Falou que o colégio estava cheio e que não poderia fazer nada”. 

PITACO 

Está faltando vaga nas escolas municipais de Coaraci? Está faltando carteiras? Ou será que está faltando mesmo é boa vontade? 

Este é um problema grave, que cabe uma intervenção do Ministério Público, pois a criança não pode em hipótese nenhuma ficar sem estudar por incompetência da gestão. Que na verdade é isso que está acontecendo. Todo este imblóglio é falta de gestão eficiente e boa vontade em resolver o problema. 

E em relação às boas maneiras, o funcionário público mesmo que nomeado tem que tratar o povo bem, afinal o povo é seu patrão. Agir com grosserias com uma cidadã... que coisa feia, hein Das Neves!?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário