segunda-feira, 22 de junho de 2015

Apenas 10% aprovam governo Dilma

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sábado pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o governo da presidente Dilma Rousseff foi avaliado como ruim ou péssimo por 65% dos eleitores. Apenas 10% dos entrevistados consideraram o governo da petista como "bom" ou "ótimo". Segundo o Datafolha, a taxa de reprovação só não é maior do que a do ex-presidente Fernando Collor de Mello no período pré-impeachment, em 1992. 

Na época, Collor era rejeitado por 68% dos brasileiros. O levantamento foi realizado pelo Datafolha com 2.840 pessoas de 174 municípios do país entre os dias 17 e 18 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Em relação à pesquisa anterior, realizada em abril, a reprovação de Dilma subiu cinco pontos. A insegurança com o salário e o emprego é a principal frustração dos pesquisados pelo instituto. No grupo dos que têm renda familiar mensal de até dois salários mínimos, por exemplo, 11% aprovam o governo e 62% reprovam. No grupo dos que têm renda familiar mensal acima de dez salários, por sua vez, 12% aprovam e 66% reprovam. 

Analisando por região, pode-se observar contrastes. Enquanto no Sudeste 7% aprovam a presidente, no Nordeste a porcentagem sobre para 14%. O Datafolha também simulou um cenário eleitoral para a Presidência da República. Aécio Neves (PSDB-MG) alcançou 35% das intenções de voto — 10 pontos à frente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Marina Silva aparece com 18%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário