quarta-feira, 29 de julho de 2015

PT paga R$ 500 mil para "Dilma Bolada" e CPI quer quebrar sigilo bancário de autor

A CPI dos Crimes Cibernéticos, proposta pelo PT, vai se tornar um tiro no pé do governo e do partido. Eduardo Cunha nomeará Mariana Carvalho (PSDB-RO) para a cúpula da comissão. 

O foco das investigações será a chamada guerrilha petista na internet. A CPI quer quebrar o sigilo bancário do autor da personagem Dilma Bolada e vasculhar ações contra Aécio Neves na campanha de 2014. 

Essa é uma das CPIs que os petistas inventaram só para atravancar a do BNDES e dos Fundos de Pensão. Agora as três vão investigar o PT. 

O autor de Dilma Bolada é Jeferson Monteiro, que, só para o primeiro turno das últimas eleições, teria recebido R$ 500 mil do partido. / Informação da Coluna Painel, da Folha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário