sábado, 29 de agosto de 2015

Neurocientista negro é barrado em hotel de São Paulo onde faria palestra

Genisson Santos, de S. Paulo - Convidado para ministrar uma palestra na cidade de São Paulo, Carl Hart, primeiro neurocientista negro a se tornar professor titular na Universidade de Columbia (EUA), foi barrado na entrada do hotel Tivoli Mofarrej, local onde aconteceu o evento nesta última quinta-feira.

Carl Hart foi convidado pelo Instituto Brasileiro de Ciências Criminais para palestrar sobre guerra às drogas principalmente nos grupos vulneráveis, assunto do qual é especialista a mais de 20 anos.

Segundo uma entrevista publicada no jornal Folha de S.Paulo, após conseguir entrar no hotel, Hart percebeu que era o único negro no auditório composto por advogados e juízes. "Vocês deveriam ter vergonha disso", disse o neurocientista. Com informações do Catraca Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário