quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Após 36 anos, Cesta do Povo será vendida

A rede de supermercados estatal Cesta do Povo será vendida. O decreto 16.339 assinado pelo governador Rui Costa autoriza o estado a se desfazer de todas as suas ações na Empresa Bahiana de Alimentos – Ebal, controladora da Cesta do Povo, e iniciar os procedimentos para o leilão público. Prejuízos crescentes dos últimos anos seriam o principal motivo. 

Em pouco mais de 36 anos, a Cesta do povo acumulou um prejuízo de R$ 750 milhões.O decreto do governador diz que será preciso criar uma Comissão Especial que vai autorizar a alienação total da participação acionária do Estado da Bahia no capital social da empresa, dentro de um prazo máximo de 180 dias. 

A audiência definirá os parâmetros adotados e a situação dos 2.800 funcionários. O leilão da Cesta do Povo só deverá acontecer entre fevereiro e março do próximo ano, porque pelo decreto do Governo do Estado, há um prazo de 180 dias para que todos os procedimentos legais sejam cumpridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário