segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Itajuípe corre o risco de ficar sem água

Em virtude da estiagem prolongada, de 150 dias, o diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, SAAE, Alex Gonzaga, declarou que a empresa está utilizando apenas 11 % do volume normal de água para abastecer Itajuípe. 

O comitê de crise, formado por lideranças do município, esteve reunido na quarta-feira, 23, na sede da Amurc para elaborar um documento que pede à Casa Civil do Estado recursos para medidas emergenciais. De acordo com Gonzaga, Itajuípe é abastecido exclusivamente pelo Rio Almada, que já está seco por conta do período de estiagem. Para atender parte da população, a água está sendo captada de poços artesianos. “Porém, cerca de 90% da população está sem água desde terça-feira, 22. 

Isso inclui comércio, residências e a Pênalti, indústria responsável por 75% do ICMS no município e 500 empregos diretos”. O documento pede a perfuração de 15 poços artesianos nos bairros, locação de 5 carros pipas de 5 mil litros, aquisição de 1.000 tanques de 500 litros para armazenamento de água na residência de pessoas mais carentes. Informações do A Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário