domingo, 24 de janeiro de 2016

Thiago Lourenço nega envolvimento em corrupção e diz que tentam desestabilizá-lo

Foto: Portal Mix
O presidente municipal do PSDC, Thiago Lourenço, 29 anos, respondeu as acusações de que estaria inelegível por conta de processo judicial ligado a supostos desvios na Associação de estudantes a qual dirigiu até março do ano passado. 

Através de nota divulgada em sua página nas redes sociais Lourenço destaca que durante o período que esteve à frente da associação nunca houve indício de corrupção envolvendo seu nome. Ele destacou ainda que todas as contas de sua gestão foram aprovadas. 

Em conversa com a redação do Fato Entre Aspas, Thiago Lourenço atribui os boatos a vereadores ligados ao governo municipal com objetivo de desestabilizá-lo. “Eles não têm coragem de falar nem ‘pra’ mim... são covardes”, disparou. 

“Desafio publicamente qualquer que seja o caluniador que prove que existiu irregularidades na minha gestão. Não houve. Pura politicagem”, disse Lourenço, que conseguiu fazer sucessor na associação. 

IDEALIZADOR E PRESIDENTE 

Ainda segundo Lourenço, ele foi o idealizador e fundador da associação, juntamente com outros colegas, sendo ainda escolhido o primeiro presidente, em fevereiro de 2014. Lourenço deixou a presidência em 2 de abril de 2015, quando assumiu seu sucessor Thiago Chaves, até então vice-presidente. 

No seu primeiro ano de funcionamento a Associação Estudantil já se tornou uma das mais expressivas da região, com 9 linhas diárias de ônibus e atendendo um total de 540 estudantes universitários e secundaristas.

Um comentário:

  1. A verdadeira história não é essa, pois o idealizador da associação foi Danilo Barbosa e Gilberto quaresma, que fizeram movimentos mobilizando os estudantes, a verdade tem que ser dita, é por essas e outras que os políticos ficam desacreditados.

    ResponderExcluir