quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Ex-prefeita Gilka Badaró de Itajuipe finaliza restos a pagar com dinheiro em caixa

A ex-prefeita do município de Itajuipe Gilka Badaró(PSB), juntamente com sua equipe contábil reconheceu, processou e escriturou ontem, portanto terça-feira (31), as últimas despezas a pagar referente a sua gestão - exercício financeiro de 2016 no valor empenhado e liquidado de R$ 339.309,89. Essa medida, segundo a gestora, visa uma gestão fiscal responsável - organização contábil das receitas e despesas, em restos a pagar numa obediência a aos princípios básicos da administração pública em conformidade com a LRF 101/00. 

A LRF veda ao gestor público contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro de seu mandato, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito. Segundo informações do então vice-prefeito Antônio Jorge Rodrigues Neto "Jorjão", responsável na ocasião pelas finanças do município, a gestão passada deixou nos cofres públicos mais de R$ 500 mil que, certamente, pode ser usado pelo prefeito Marcone Amaral (PSD), para pagamentos pendentes com funcionários e fornecedores. 

Com dinheiro em caixa o prefeito MA em cumprimento a lei pagou no início do mês passado os funcionários da Secretaria Municipal de Saúde no valor global de R$ 115 mil referente a restos a pagar do exercício financeiro de 2016. Assim sendo, cabe agora o gestor dá continuidade aos pagamentos processados e pendentes que não foram efetivados pela gestão passada devido recesso bancário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário