segunda-feira, 31 de julho de 2017

Romeiro ciclista de Itajuipe prepara novo percurso

Milton Santos nasceu no município de Itajuípe em 27 de agosto de 1950. Seu Milton é um dos poucos ciclistas da região ir à Bom Jesus da Lapa pedalando. Tem registrado no seu caderno de anotações 20 romarias - muitas aventuras, uma verdadeira odisseia pelos caminhos que levam a Bom Jesus da Lapa, no Vale do São Francisco, considerada a capital da fé do povo baiano, a 670 quilômetros de Itajuípe. Foi seu Milton também o primeiro itajuipense a ir à Bom Jesus da Lapa de bicicleta pelas três vias Poções/Vitória da Conquista/Jequié, algumas vezes pedalando sozinho debaixo de chuva e sol, dormindo em postos de combustíveis, mercados municipais e casas abandonadas nas margens das estradas. Seu Milton, que foi vitima do alcoolismo, encontrou no ciclismo a oportunidade para se afastar do vicio que acomete milhões de pessoas pelo mundo a fora. 

O atleta que chegou a ingerir álcool doméstico conta com satisfação: “Há 34 anos estou em abstinência alcoólica”. O romeiro ciclista fala com alegria que deu a volta por cima: “A minha fé se renova a cada dia, por onde passo incentivo muitos ciclistas a participar da romaria”. Com seus 67 anos de idade, tem um histórico de desafios e superação sobre as duas rodas de sua bicicleta Monark ano 1958. O veterano atleta - que também já foi pedalando de bicicleta ao município de Barreiras num percurso de mil quilômetros - pedalou de Brasília à Bom Jesus da Lapa, uma distância de setecentos quilômetros, pedalou de Itajuípe ao município de Firmino Alves - cem quilômetros – isso, sem descer da bicicleta. Num verdadeiro teste de resistência pedalou mil minutos, sem parar, em 2005, na Praça Vereador José Adry - algo equivalente um pouco mais de 16 horas sobre as duas rodas. Fez o percurso de 230 quilômetros num só dia até o Café Sem Troco no pé da serra do Marçal no município de Vitória da Conquista. 

O ciclista tem no seu histórico participação nas atividades ciclística em toda região, desde passeios - Outubro Rosa e Novembro Azul em Ilhéus, passeios nas cidades de Coaraci, Almadina, Ibicuí e Canavieiras além de participar em Itajuipe de provas de velocidade, por exemplo, uma gincana realizada pelo Colégio Diógenes Vinhaes em 1980. Romeiro, que vive a fé também sobre rodas, anos atrás, realizou em Itajuipe o primeiro encontro Regional dos Ciclistas Romeiros. Com seu jeito modesto, ele diz que faz muitas amizades por onde passa com o povo e ciclistas; também conta que sempre optou pelo simples: “Minha bicicleta Monark tem 59 anos de fabricada e continua sendo minha parceira de estrada ao longo dos 47 anos”. Como Seu Milton não costuma ficar parado, no dia primeiro de agosto segue com destino à Bom Jesus da Lapa, desta vez de ônibus, mas, com a sua bicicleta no bagageiro onde de lá vai inaugurar um novo percurso: Bom Jesus da Lapa ao pequeno município turístico Alvorada do Norte no estado de Goiás. Informações do Blog do Erê

Nenhum comentário:

Postar um comentário